slide1 slide1

Escola de Formação capacita 961 conselheiros em 18 meses

 

 

 

Os conselheiros vieram de diversas cidades de Goiás em busca de qualificação Foto: Ana Paula Oliveira Abrão
“Uma parte da missão está cumprida. Agora, a cobrança é um pouco maior com a qualificação. A educação tem esse mérito”, disse o reitor da PUC Goiás, Wolmir Amado, nesta segunda-feira, 22, aos 77 alunos da última etapa do curso da Escola de Formação de Conselhos, que estavam em sua última aula do curso, realizado em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH). Dividido em três módulos, o curso teve início em 2012 e capacitou 961 conselheiros dos 246 municípios de Goiás. A iniciativa é uma parceria do Instituto Dom Fernando (IDF), ligado à Pró-Reitoria de Extensão e Apoio Estudantil da PUC Goiás, e a SDH.

Em meio à movimentação da sociedade para a discussão dos direitos da criança e do adolescente, a formação continuada dos profissionais passa a ser fundamental. “Nós (sociedade) estamos em um processo contínuo de formação. Este serviço realizado é de extrema importância”, afirmou a pró-reitora de Extensão e Apoio Estudantil, profa. Márcia de Alencar. Por saberem disso os conselheiros se empenham. “Nós sabemos a dificuldade que muitos de vocês passam para estarem aqui”, disse. “Muitos vêm para Goiânia por conta própria, sem apoio nem da prefeitura. É um esforço muito grande”, constata a coordenadora do IDF, Elizabete Bicalho.

Produção

Além da capacitação de conselheiros tutelares e de direito, o curso trouxe o desenvolvimento de pesquisas relativas ao banco de dados da Escola de Conselhos, a sistematização e análise dos dados da pesquisa Infância, adolescência, família e direitos humanos: concepções dos conselheiros, a produção de cinco artigos científicos (com futura publicação) e a publicação de 5 mil exemplares do Estatuto da Criança e do Adolescente.

Extensão

Com tradição nos trabalhos de extensão, a PUC Goiás reafirma o seu compromisso com a sociedade diariamente por meio dos diversos programas promovidos pela universidade. “Nesses 53 anos de história a PUC Goiás se tornou tradicional na extensão e apoio à criança, ao adolescente e à família. Já são 30 anos trabalhando para a sociedade”, relembrou a coordenadora do IDF, Elizabete Bicalho.

No próximo ano, um novo edital deve ser lançado para a implementação de um novo núcleo de formação continuada. “Se pudermos vamos participar de novo”, afirmou a pró-reitora de Extensão.

O Núcleo de Formação Continuada de Conselheiros dos Direitos e Conselheiros Tutelares do Estado de Goiás foi implementado por meio do convênio nº758735/2011 da SDH e tem duração de 18 meses (término previsto para junho de 2013).

Parceiros