slide1 slide1

PUC Goiás lançou Escola de Formação de Conselheiros

A PUC Goiás lançou, ontem, a Escola de Formação de Operadores do Sistema de Garantia de Direitos, projeto em parceria com Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR). O evento foi aberto pela pró-reitora de Extensão e Apoio Estudantil, Márcia de Alencar Santana, a nova coordenadora do Instituto Dom Fernando, Elizabete Bicalho e a promotora de Justiça, Liana Tormin. A Escola tem o objetivo de formar 1.000 conselheiros dos 246 municípios até 2013.


O evento, realizado na Casa de Retiro das Missionárias de Jesus Crucificado, reuniu 60 conselheiros tutelares e dos direitos de crianças e adolescentes de 20 municípios, integrantes da primeira turma. Eles participaram da aula inaugural com o tema Concepções de infância e adolescência nos contextos sócio-históricos: implicações na prática e defesa da criança e do adolescente, ministrada pela professora Florença Ávila.

O lançamento contou ainda com o grupo gestor formado pela Associação de Conselheiros e Ex-Conselheiros Tutelares do Estado de Goiás, Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, Fórum Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, Movimento de Meninos e Meninas de Rua de Goiás, Secretaria de Cidadania e Trabalho do Estado de Goiás, Universidade Federal de Goiás.

De acordo com a profa. Márcia de Alencar Santana, pró-reitora de Extensão e Apoio Estudantil, este trabalho acrescenta à trajetória da PUC Goiás na “defesa dos mais necessitados”. Ela afirmou a satisfação da instituição em estar recebendo os conselheiros para a formação. “Nosso objetivo maior, com este projeto, é contribuir para um futuro melhor para as crianças e adolescentes de Goiás”, explicou ela.

A profa. Elizabete Bicalho, coordenadora do IDF, afirmou que este projeto trouxe para o Instituto o desafio de mobilizar conselheiros de todos os municípios goianos e preparar a melhor formação para eles. Ela afirmou ainda que, com esse grupo, será realizado um diagnóstico dos índices de violência contra crianças e adolescentes de todo o Estado. “Estamos muito compromissados e felizes com essa ação”, afirmou ela, elogiando a equipe organizadora da Escola.

Ao todo, serão realizados, até 2013, três cursos – um introdutório e dois de aprofundamento –, todos gratuitos (inscrição, material, hospedagem e alimentação) e com certificados emitidos pela PUC Goiás. Ministrados por professores palestrantes com experiência na temática, os cursos de capacitação visam fornecer aos conselheiros dos direitos e tutelares subsídios para reflexão e aperfeiçoamento das práticas sociais em atendimento, promoção, proteção e garantia dos direitos de crianças e adolescentes.

A iniciativa é fruto de parceria entre a PUC Goiás, por meio do Instituto Dom Fernando (IDF), e a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) e prevê a capacitação de mil conselheiros dos 246 municípios goianos. Com este convênio, Goiás consolida sua atuação, juntando-se a outros 14 estados que já contam com a iniciativa. De 2010 a 2011, foi realizado o primeiro projeto, também executado pela PUC Goiás. Este segundo projeto implementa a formação continuada da referida Escola. Para mais informações: [url] O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. [/url]"> [url] O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. [/url]ou (62) 3946 1112.

http://noticias.pucgoias.edu.br/index.php?option=com_k2&view=item&id=1244:puc-goi%C3%A1s-lan%C3%A7ou-escola-de-forma%C3%A7%C3%A3o-de-conselheiros

Parceiros